Saiba como começar a investir o seu dinheiro

2 de dezembro de 2019
Conheça o seu perfil, informe-se e invista!

Investir é um processo que deve ser construído e acompanhado todos os dias. Para te ajudar a entender essa dinâmica, a professora e coordenadora do curso de Ciências Econômicas da Universidade Positivo, Cintia Rubim de Souza Netto, preparou um guia com dicas de investimento para você começar com o pé direito.

Faça o seu planejamento financeiro
Para começar, faça o seu planejamento financeiro para identificar os gastos supérfluos e as oportunidades de economia, assim, terá mais dinheiro para investir. Existem aplicativos de celular que facilitam a organização das finanças pessoais, mas para isso é preciso ter disciplina e anotar todas as despesas, até o cafezinho e o estacionamento do shopping.

Saiba quais são os seus objetivos
Tenha objetivos bem definidos, que servirão de motivação para você, como uma viagem, a troca do carro, móveis novos para casa, um imóvel etc. Pense no que você quer realizar com o dinheiro poupado, selecione cinco deles e separe-os em curto, médio e longo prazos. O período de conclusão ajuda a manter o foco para investir.

Livre-se das dívidas
Antes de iniciar qualquer investimento, negocie as dívidas existentes e evite entrar na tentação de fazer novas dívidas, sobretudo, para fins que não estejam entre os seus objetivos futuros.

Conheça o seu perfil de investidor
Você deve conhecer qual é o seu perfil de investidor, para isso existem testes que podem te ajudar. A classificação é: conservador, moderado, agressivo ou arrojado. Ao definir a sua tolerância aos riscos, você poderá fazer escolhas mais adequadas para os seus objetivos como investidor.

Conheça a regra de ouro
Todas as melhores dicas de investimento precisam estar dentro de uma lógica simples:
Ganhar – poupar – investir.

Informe-se sobre as opções de investimentos
São várias as opções de investimentos para quem quer começar. Uma das mais seguras é a renda fixa, que pode ser prefixada ou pós-fixada. A prefixada, como o nome diz, é um rendimento fixo. Já os títulos pós-fixados têm rendimentos variáveis, de acordo com os índices de inflação, taxa de juros, entre outros. Os investimentos em renda fixa são seguros e simples, você poderá se informar no banco no qual é correntista.

Cintia Rubim de Souza Netto é professora e coordenadora do curso de Ciências Econômicas da Universidade Positivo, economista e doutora em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Federal do Paraná.

Você também pode enviar a sua sugestão e aparecer por aqui! Envie um e-mail para comunicacacaocorporativa@positivo.com.br com a sua dica.